Vila Galé Cabo de Santo Agostinho Resort

Após 5 anos morando na Austrália eu já não me aguentava mais de saudades das praias, da comida e das pessoas que só lá a gente encontra. Foi então que resolvemos juntar o útil ao agradável e viajar para o Vila Galé Eco Resort do Cabo de Santo Agostinho em Pernambuco, só a uns 40 min do aeroporto de Recife.

2017-06-16 20.18.01

Além disso, queríamos que a minha sogra tivesse um tempo de qualidade conosco e achamos que viajando com ela para um Hotel com tudo incluído seria o melhor jeito da gente descansar e parar um pouco pra aproveitar esse momento juntos em Família (Já falei bastante sobre isso aqui). 

Como escolhemos o destino e o Hotel?

Procuramos escolher a melhor opção dentro dos padrões de Resort x custo benefício x localização que a gente pode, tendo em vista que estávamos fazendo uma viagem longa do Brasil pra Austrália com um bebê e que iríamos ainda viajar muito pelo Brasil pois nossa família fica em Foz do Iguaçu.

Infelizmente pegamos época de chuva e inverno em Junho, mas mesmo assim deu pra aproveitar um pouco.

Registramos todos os detalhes nesse video:

Mas o que realmente achamos do Vila Galé?

No geral, o Hotel atendeu as expectativas, porém acho importante ressaltar que entre as opções do Brasil é uma das mais simples.

Os quartos eram bons (nada de mais, nada de menos), o espaço do Hotel é fantástico, muito verde, praia ali na frente dos quartos e ponto.

vista quarto vila galé recife

Recreação/atividades – quase não usamos e também não senti muita presença deles. Nas noites temáticas esperava ter mais de Brasil, Axé, nordeste e só se ouvia música do estilo eletrônica inclusive na piscina (teve até funk).

Funcionários – Acho que já no check-in faltou aquela alegria da hospitalidade nordestina. Não tivemos informações básicas como por exemplo saber que existia um menu especial para Bebês, que inclusive foi muito bem elaborado, mas se ninguém avisa para que que serve não é?  Agora os funcionários do restaurante (garçons) foram excelentes!!!

Como era a Alimentação all inclusive no Resort?

Senti um pouco de falta da culinária nordestina, principalmente pra gente vindo de fora estávamos com muita vontade de experimentar as delicias do nordeste e acho que não tinha muita opção neste sentido.

Achei a variedade em todas as refeições muito boa, ou seja tinha muita coisa pra comer toda hora, porém acho que as vezes menos é mais, poderiam diminuir as opções e melhorar na qualidade principalmente nos petiscos do bar e lanches da tarde.

O café da manhã que é sempre algo que destaco nas minhas fotos do Instagram por exemplo, acho que também ficou a desejar, pouca variedade de pães e bolos. O Hotel que ficamos em Minas que era bem menor dá um show neles.

Outra coisa que não achei legal foi a forma que o restaurante a La carte é oferecido. Você precisa pegar uma fila durante o dia que demora sério, no mínimo meio hora para tentar reservar os restaurantes opcionais se não quiser o buffet. Acho que isso deveria ser mais claro no site do hotel pois só fala que existe e não que tem limitação (te limitam a usar esses restaurantes dependendo das noites que você tem).

a la carte vila gale

Não posso deixar de dizer que apesar da dificuldade de reservar, as opções a la carte são excelentes. 

Um paraíso a parte: o SPA

Pegamos um dia inteiro de chuva – graças a Deus – por causa disso acabamos caindo lá no maravilhoso spa e fizemos massagem, utilizamos as piscinas aquecidas e as hidros. Achei tudo muito lindo e bem organizado, além de um ambiente super relaxante com estilo das  famosas casas de massagem asiáticas. Perfeito!

Spa Vila Gale recife

Não estou dizendo que não voltaria ou não gostei, mas acho importante ressaltar minha sincera opinião em todos os detalhes, não só no que gostei mas no que também acho que poderia ser diferente. Acho que é dessa forma que se evitam frustrações.

Pra mim, o que faltou principalmente foi aquele calor do nordeste, até pelo que falei no início que era justamente o que queríamos sentir. Talvez por ser uma rede portuguesa e ter uma visão mais voltada para um público diferente do que eu estou acostumada, como por exemplo o All Inclusive Club Med. 

Espero ter outra oportunidade para conhecer outros hotéis da Rede Vila Galé e quem sabe ter uma outra impressão.

Não poderia terminar esse post sem antes agradecer mais uma vez a Vivenda Turismo pelo apoio de sempre. Eles nos ajudaram a fazer todas as reservas mesmo estando aqui do outro lado do mundo, são especialistas em resorts e viagens de luxo.

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais.

Anúncios

14 pensamentos sobre “Vila Galé Cabo de Santo Agostinho Resort

  1. Silvia, muito obrigada pelo seu sincero relato. Acho que todos que vão curtir o Nordeste já criam também esta expectativa do acolhimento e atenção que o povo nordestino sempre tem né? O café da manhã hoje em dia eu acho que ficaria bem brava… Aqui na Europa não existe esse farto café da manhã que estamos acostumados, com tantas frutas, pães e bolos então quando eu voltar de férias para o Brasil eu queria me acabar em um hotel com tudo que tem direito rs.. 😛

  2. Pingback: Cairns, o nordeste Australiano | Viaje pelo Mundo by Silvia Medina

  3. Pingback: Navio ou Resort? | Viaje pelo Mundo by Silvia Medina

  4. Pingback: Babymoon em Cairns na Austrália | Viaje pelo Mundo by Silvia Medina

Deixe uma resposta para Pa Ramos Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s