Roteiro para brasileiros em Sydney

Dando continuidade ao meu ultimo post Roteiro para Brasileiros na Australia, agora vai para vocês o melhor de Sydney em 10 dias.Opera house roteiro sydney

Este roteiro também pode ser esticado para 15 dias se fizer as cidades menores dos arredores com mais calma. Ou uma opção também é deixar alguns dias para os locais que mais gostar, como por exemplo a sua praia preferida.

Dia 1 – Opera House e Harbour Bridge Não tem como chegar na Austrália e não querer ir correndo ver o principal cartão postal do país. O local é lindo tanto de dia quanto a noite então tenha certeza de visita-los dos dois jeitos.

Opera Bar Sydney Australia

Nesse mesmo dia você pode ir no Botanic Garden, do lado direito da Opera House. Prepare-se para andar bastante (como em tudo aqui) pois o parque é enorme e indispensável caminhar por todos os seus cantinhos pois tem vários pontos legais. Se tiver tempo passe o dia lá, faça um picnic e admire o incrível mix entre altos prédios cheios de escritórios e natureza, esportistas e homens de negócio em plena cidade e no meio da semana relaxando por lá.

Fiz um video a algum tempo atrás falando um pouco do passeio de barco que fiz saindo da Opera House também, confiram:

Do lado esquerdo da Opera House fica o bairro mais antigo de Sydney, o The Rocks com prédios de pedra lindos.

Nas sextas feiras e domingos tem uma feira de rua que também é bem legal. Um dos meus lugares favoritos na cidade!

the rocks sydney

Quando for noite, se puder jante em um dos restaurantes com vista para a água ou pelo menos tome um drink no Opera Bar, imperdível!

Não se preocupe em gastar muito na Opera House em sí de cara no primeiro dia pois com certeza você verá o local em outras oportunidades como quando for pegar o ferry para Manly conforme as descrições abaixo.

→ Dia 2 – Lado Norte da Ponte / Manly Beach – Saindo da estação de trem Circular Quay onde fica a Opera House você pega o Ferry para o outro lado da ponte ou da cidade. O Ferry em si já é um passeio perfeito.

circular quay

Manly é o lugar escolhido por muitos brasileiros para morar pois apesar de estar perto da cidade é tranquilo e tem clima de praia com facilidades de cidade grande. A minha favorita é Shelly Beach. Saindo do Ferry caminhe para a esquerda até o final e você chegará numa linda praia de conchinhas.

Praia linda australia

Se tiver mais tempo em Sydney, o lado norte tem praias imperdíveis como Curl Curl Beach a Palm Beach.

praia norte sydney

Mas só faça essas se realmente for ficar mais de 10 dias senão acho que não vale a pena devido a distancia pois precisa de pelo menos mais um dia lá.

Veja aqui outras Praias com piscina em Sydney

praia com piscina

→ Dia 3 –  Também do lado de lá da ponte fica o Taronga Zoo  que é o maior da cidade (Se não for da Austrália). Dá pra passar o dia lá vendo Cangurus, Coalas e outros animaizinhos bem interessantes. O Zoológico tem vista pra cidade e tem um teleférico muito legal. Eu que não sou muito chegada nesse tipo de passeio fiquei o dia todo lá. A não ser que você tenha ido em outros zoológicos em Gold Coast como já contamos aqui por exemplo, acho que vale muito a pena ir nesse.

roteiro brasileiros sydney

→ Dia 4 –  Darling Harbour – Fica na cidade também e perto da Opera House (Dá pra fazer tudo num dia se estiver com tempo apertado). Aqui ficam o Museu de Cera Madame Tussauds que super recomendo caso não tenha visto ainda em outro pais. Nós fomos em Londres e adoramos. Aqui também tem o Aquário do Sea World que é muito legal. Esse também fizemos na Inglaterra e na Gold Coast que é maior, se não tiver feito ainda não perca aqui.

chinatown sydney

Reserve algum tempo para ir a Chinatown que fica a uns 5 minutos daqui onde você pode se sentir na Asia, experimentar comidas diferentes – bem diferentes e ainda acabar no Paddy’s Market, o lugar perfeito para comprar lembrancinhas da Australia no melhor preço possível.

Fiz um video no Mercado de rua de sexta-feira olhem só que diferente

Ali também fica o Chinese Garden que recomendo para um chá da tarde que pode ser comprado junto com o ticket e é o perfeito lugar para repor as energias e parar por um pouquinho após um longo dia.

Chinese Garden

Outros museus também estão localizados nessa região caso tenha interesse mais nesse tipo de turismo.

A Darling Harbour também tem uma vibe muito legal a noite, perfeito para fechar o dia com um jantar ou drinks com uma vista perfeita. Tem fogos todos os sábados a noite e é muito legal.

→ Dia 5 – Compras –  Separe pelo menos 1 dia ou algum momento (Novamente se a agenda estiver apertada encaixe em algum dos dias acima).

Passear pela George Street que é a avenida principal da cidade e ver as lojas, os prédios e tudo o que acontece por aqui é um “must to do”. Tenha certeza de passar pelo QVB – Queen Victoria Building que é um prédio lindo que fica na estação de trem Town Hall com muitas lojas legais.

Na frente tem o Meyer Shopping e o David Jones com lojas mais sofisticadas mas que valem o passeio. Por ali perto também fica a loja da Apple para os interessados 🙂

Apple Store Sydney

Tenha certeza de passar na Martin Place que é onde ficam os prédios do governo e onde foi filmado cenas do filme Matrix!!!

city sydney

Neste mesmo dia ou em algum outro que esteja na cidade não deixe de passar no Hyde Park e na St Marys Catedral que também fica ali no meio de tudo isso e que merece pelo menos uma foto.

Falando mais em compras, arranje um espaço na agenda para visitar a Target e o Kmart que são as principais lojas de departamento e sempre tem boas promoções para casa, presentes e roupas principalmente para criança. É aqui que o excesso de bagagem se vai…

IMG_3674→ Dia 6 – Bondi Beach – A praia mais famosa da Austrália. Seja pelo número de backpackers, jovens e surfistas bronzeados ou pela vibrante atmosfera do lugar. Vale a pena passar o dia, o pelo menos meio nas areias lotadas desse pedacinho de Austrália. Lá também tem uma das conhecidas piscinas com agua do mar.
praias lindas australia

De lá mesmo você pode sair para fazer o caminho entre Bondi e Coogee beach. Nem preciso falar da vista desse caminho né? Rochas, mar com cor incrível e fitness pra todo lado. Esse caminho leva em torno de 1 hora então prepare o fôlego. Se sobrar algum continue depois de Coogee e ainda vai passar por outras praias perfeitas.

coogee beach

Uma das minhas preferidas é Bronte com bom lugar para picnic e churrasco, e Clovelly perfeita para Snorkeling e também com piscina de água do mar.

praia sydney

→ Dia 7 – Mais Praias –  Sydney tem praias pra todos os lados e mesmo morando a 3 anos tenho certeza que não conheço nem metade ainda, então não espere conhecer todas. Se realmente for louco por praia e esse for seu objetivo aqui, tente ir até Cronulla que é uma das que ficam mais longe ao Sul com larga faixa de areia. Mas se não tiver tempo pra perder fique com pelo menos La Perouse, uma das minhas favoritas e ainda bem perto da city. Vale a pena pelo menos meio dia lá.
la perouse sydney

Outra praia ou região imperdível é a de Watsons Bay. Tem várias praias pequenas perto é são lindas. Valem boas caminhadas. Aqui também se faz o Stand up paddle que é um dos meus esportes favoritos.

praia com natureza

Esse dia também vai depender da época do ano que você vier, se for no inverno pode ir para tomar um café ou almoçar, mas não via querer passar mais tempo do que isso nessas praias.

→ Dia 8 – Blue Mountains – Prepare-se para quebrar o clima de praia e aproveitar um pouco de Serra. Se você tiver apenas 2 dias em Sydney por acaso, esse seria um dos lugares que com certeza te diria pra ir.  Se vier no inverno tem chance de em algum momento ver neve por lá.

Blue Mountainsblue mountains roteiro sydney

Também dá pra passar a noite, super romântico!

→ Dia 9 – Morisset– Cidade para ver Cangurus – De novo, se o tempo for curto tente juntar o dia 8 com o dia 9 que estão meio que na mesma direção e os dois dá pra fazer de trem.
cangurus
→ Dia 10 Deixe esse dia de reserva para fazer tudo o que não deu tempo, ou o que gostaria de repetir ou ainda, conheça alguma outra praia. Opção com certeza não falta!

Alguns locais que não entram em um dia específico do roteiro mas são imperdíveis:

  • Visite a Hillsong Church – A maior igreja da Oceania e uma das maiores do mundo. Conhecida mundialmente pelas suas músicas e quantidade de jovens frequentadores
  • Prove as diferentes sorveterias da cidade, a Messina é a minha favorita
  • Outro lugar que descobri recentemente e que vale a visita é o Royal National Park no Sul de Sydney. Vou tentar fazer um post logo sobre o lugar que é incrível. Mistura de Verde e praia que não se descreve!img_2314
  • Visite os bairros mais interessantes como Surry Hills e Newtown com excelente opções de Jantar e muita gente interessante pra ver. *Fico devendo aqui um post com as minhas opções favoritas de restaurantes e cafés.  Assim que possível faço um post sobre eles

bairros de sydney

  • Visite os diversos parques perdidos pela cidade como o Centennial park que é tão grande que chega ter dentro outro menor, o Moore Park, o Rushcutters Bay com linda vista. Todos eles perfeitos para exercícios e caminhadas.

parques de sydney

  • Tome um perfeito e demorado café da manha Australiano!
  • Ande de bicicleta pelas diversas ciclovias da cidade
  • O maior Wet’n Wild do mundo fica em Sydney. Ainda não fui no daqui porque é novo, mas não vejo a hora.
  • Visite os markets de frutas, flores, comidinhas e roupas espalhados por todos os cantos principalmente aos sábados

feiras sydney

É isso ai, espero que aproveitem e gostem dessa cidade linda que escolhi pra chamar de minha e se já decidiram vir e precisam tirar o visto de turista é só dar uma olhadinha nesse post.

Quer saber mais detalhes sobre o nosso roteiro ou ainda receber os detalhes de quanto gastamos por dia numa viagem dessas? Siga o blog e deixe seu e-mail nos comentários abaixo que mando tudinho para vocês.

Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada reserva, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!

Anúncios

Diversidade cultural em Sydney

Uma das coisas que eu mais gosto na Austrália é a diversidade cultural que se pode encontrar por aqui. Nasci e cresci numa cidade fronteira com mais dois países e que acolhe mais de 70 etnias, trabalhei a vida toda com turismo e consequentemente conheci gente de várias partes do mundo, o tempo todo. Isso me fez ser uma pessoa apaixonada pelo multiculturalismo.

Aqui em Sydney esse fator é ainda mais marcante pois a Australia é uma pais de imigrantes. Já cheguei a ouvir que 25% apenas da população é de fato Australiana, e eu não duvido. Ja perdi as contas das pessoas de diferentes países que conheci, e não consigo pensar em um que não tenha visto ainda. Desde Lituânia que eu nem nunca tinha ouvido falar antes, ate Ilhas Fiji, que inclusive é muito comum pela proximidade.

Este vídeo mostra essa realidade, ou seja como uma mesa de um restaurante aqui na Australia pode ser tão diversificada pela nacionalidade ou origens dos presentes.

Isso acaba sendo uma excelente oportunidade de aprender um pouco mais sobre outras culturas, além de ser muito divertido.

Prato Belga do Restaurante Le Pain no The Rocks em Sydney 

20140223-125246.jpg

Resumindo, se você gosta de conhecer pessoas de todas as partes, a Australia (em especial Sydney) é o lugar para estar. Temos restaurantes dos mais comuns como Italianos, como mais diferentes tipo Belga, ou mesmo o Tailandês que aqui é possível encontrar literalmente em cada esquina.

Pad Thai e fried Rice – Típicos Tailandeses – Muito bom!!!

20140223-125434.jpgRestaurantes Brasileiros tem de montes também, o que requer um post exclusivo para uma outra hora, já que até os nossos queridos brigadeiros tem caído no gosto por aqui.

Espero que gostem do video! Meu sangue paraguaio “falou” mais alto!

Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada hospedagem, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!

Sculpture by the Sea em Bondi Beach

Esculturas no mar Bondi Beach

Sculpture by the Sea é um evento que acontece todo ano aqui em Sydney desde 1997.  São várias artes em formatos totalmente inusitados, utilizados por materiais reciclados (ou não) no caminho entre as praias de Bondi Beach e Tamarama.

Esculturas no mar Bondi BeachQuase que uma procissão de gente fazendo o caminho para ver as esculturas (Objeto colorido embaixo nas pedras)

Bondi é sem dúvida a praia mais famosa da Austrália. Super badalada com uma atmosfera jovem por causa dos mochileiros do mundo todo que ficam por ali, mas também conhecida como o bairro dos Brasileiros (Com certeza o lugar de maior concentração de Brazucas por aqui).

Bondi Beach - A praia dos brasileiros

Bondi Beach – Ontem o dia estava lindo e a praia lotada!

Visitei o evento este ano e no ano passado e achei que as esculturas são totalmente  diferentes de um ano para outro. Algumas das obras são tão diferentes e/ou simples que você fica se perguntando se é  parte do projeto. Bem interessante!

Sculptures by the Sea 2012Sculptures by the Sea 2012Sculptures by the Sea 2012

Fotos de 2012 – Visivelmente o tempo não estava tão bom quanto este ano…

Além do visual natural perfeito que o caminho já tem, o evento traz muita cultura e diversão já que algumas esculturas propõem fotos bem engraçadas. O melhor de tudo,  como muita coisa boa aqui em Sydney é FREE.

Sculptures by the Sea 2012 Sculptures by the Sea 2012

A ideia nasceu de um Australiano que foi morar em Praga por alguns anos e que nem tinha experiência em artes visuais, mas que sempre adorou eventos ao ar livre  e o envolvimento com a comunidade. Como todo evento cultural, enfrentou dificuldades financeiras no inicio, mas com muito trabalho e insistência conseguiu lançar o evento que hoje é um sucesso.

Mais fotos das Sculpture desse ano

Esculturas no mar Bondi Beach 2013Esculturas no mar Bondi Beach 2013Esculturas no mar Bondi BeachTamarama Beach

As artes conseguiram deixar  a caminhada e o visual da praia ainda mais bonita e agradável….o que parecia ser impossível!  Adorei! Espero participar de muitos outros…

praia Bondi

Para conhecer outras praias de Sydney ou nosso roteiro por essa cidade incrível clique aqui. 

Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada reserva, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!

Sydney, qual é a sua praia?

 

Oi Gente!

Decidi lançar uma “Série” especial: Praias de Sydney. Desde quando eu cheguei tenho uma listinha de praias que quero conhecer e já fui em algumas, mas ainda faltam muitas. Agora no inverno tenho ido passear e acreditem, é uma delícia. Ainda mais que o inverno aqui esta colaborando muito. Durante o dia chega a 21 graus e sempre com muito sol.

Como não tenho viajando muito (Ok, minha vida já é uma viagem desde o dia em que decidi morar na Austrália), acho que posso aproveitar bem meu tempo dessa forma.

Pra vcs terem uma idéia, a Austrália é um país com quase todas as cidades costeiras _Por isso também é reconhecido como maior ilha do mundo_ e as cidades que não tem praia, como a Capital Canberra por exemplo, estão a aproximadamente 30 minutos de uma. Não é demais?

Este link tem a melhor ilustração em mapa que encontrei:

Mapa das Praias

***

Murray Bay

A primeira praia vai ser uma queridinha que fica bem pertinho da city, a Murray Bay. Na verdade nem sei se dá pra considerar exatamente uma praia, ja que este maravilhoso pedacinho de areia fica em Double Bay, que é apenas…BAY, e o que também faz com que muita gente confunda (como eu) o que é o que por ali. Mas não importa, o importante é que nesta praia tem algo super interessante….uma barreira fazendo com que as algas ou animais marinhos não passem para o lado praia que acaba se tornando na verdade uma piscina.

Além disso, essa vista com os barquinhos dão um super charme, não?

Murray Bay

Outra coisa super bacana são essas pranchas de madeiras na água. Servem para um descanço após umas braçadas ou para tomar um solzinho antes de voltar para areia.  Um máximo, não?

Murray Bay board

P.S – Eu estou lá na passarela, no meio da foto com os braços erguidos 🙂

Lá mesmo em Murray Bay tem um café super badaladinho, ou seja, não vão faltar motivos para visitar.

E ai, qual é a sua Praia em Sydney?

E era uma vez nosso primeiro ano de Australia…

Depois de um ano morando na Australia, posso dizer de verdade: A nossa vida nunca mais será a mesma.

458537_4543462301702_1734001975_o

Uns dias antes de sair do Brasil alguém me perguntou quando começaria nossa aventura, nunca tinha visto por este lado, mas realmente hoje concordo. Essa poderia ter sido a maior aventura das nossa vidas, se já não bastasse ser a maior mudança de todas.

Hoje, nao tenho quase nada do que eu tinha antes de vir para Australia, não tenho os amigos que eu tinha, não frequento restaurantes quase todos os dias (Na verdade quase nunca), não faço as unhas, não ando de carro e não tenho o salário e muito menos a segurança de ter um trabalho fixo que eu tinha no Brasil.

Aprendi a dar valor a outras coisas, como por exemplo as pessoas que me amam, família e amigos que mesmo de longe, sinto-os bem mais perto, torcendo pela gente. Aprendi como pode ser divertido e saudável fazermos comida juntos em casa, que me sinto mais linda mesmo com as unhas na cor nude, e que caminhar todos os dias do trabalho para casa é um privilegio para poucos.

A segurança que hoje eu tenho não é no emprego, mas sim na possibilidade de caminhar pelas ruas a hora que for, sem ter medo de ser assaltada. Aprendi que não preciso de muito para viver feliz, preciso apenas estar disposta a descobrir o novo, como o valor de um piquenique na praia no fim da tarde, mesmo de uma segunda-feira.

IMG_5037O que mais posso dizer? Nunca desista dos seus sonhos, mesmo quando para outros pareçam apenas uma aventura, muitas vezes precisamos apenas de um passo para mudar de vez a nossa vida.

Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada hospedagem, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!

O que você precisa saber para organizar sua vinda para Austrália

Temos recebido vários pedidos de amigos, sobre dicas de o que se precisa fazer para organizar sua vinda para Austrália, então resolvemos escrever esse Post (Tenho que dar os créditos ao MEU marido Chris)

Image

Mas porque mudar para Austrália?

  • A Austrália sem dúvida, é “a such nice place to live”, ótimos lugares para visitar – incluindo os países vizinhos, tem tudo funcionando muito bem (Sistema publico de transporte, legislação para trabalho, vida social, cultural e etc).
  • O horário de trabalho deles é menor que o nosso, 9am to 5pm, e eles não são nada sedentários, por isso praticam muitos esportes o que faz com que a gente venha para cá e seja contaminado com isso também!!!
  • O clima aqui é muito parecido com o do Brasil, mesmo em grandes cidades como Sydney a qualidade de vida é muito boa, não tem poluição, e é muito segura. Morar na praia e ter tudo de uma cidade grande, são boas razoes para estarmos por aqui.

Veja os melhores bairros para hospedagem em Sydney

No nosso canal e nas redes sociais contamos muito do nosso dia-a-adia aqui e das muitas outras razões que você teria para mudar também.

Principais tipos de  visto para  morar na Australia

1) Estudante de Inglês : Mais fácil e simples, contudo é temporário e você sempre terá que estar estudando e pagando colégio.

Para vir deve se comprovar que tem dinheiro para se manter no período que vai estudar. (Bens não contam, tem que ser $$$ no banco mesmo).

A conta é assim:  AUD 1550 por mês para o estudante e no caso de dependente (Cônjuge que pode vir no mesmo visto e não precisa estudar) seria mais AUD 750,00. Soma-se esses valores e multiplica-se pelos meses que pretende ficar na Austrália. Esse dinheiro não precisa ser necessariamente da pessoa que esta aplicando o visto, mas precisa estar numa conta parada por pelo menos 3 meses, então pode ser de um parente, alguém que te dê 3 extratos e ainda assine uma carta dizendo que é responsável por vcs aqui (Preferencia familiar próximo como Pai, mãe, irmão, tios).

Para aprovar o visto de estudante, é necessário incluir como gasto o investimento para o estudo que deve ser pago antes da viagem (Média valor colégios 200/300 dólares por semana), ticket aéreo para vir (2 mil dólares por pessoa em media), seguro saúde (40 dólares por mês/pessoa), custos da aplicação do viso (535 dólares***), e ainda para quem esta vindo pela primeira vez, exames médicos e gastos com documentos (aproximadamente mais uns 500 dólares).

Resumindo, total necessário para 6 meses de ESTUDO e aproximadamente 7 DE VISTO de estudante na Austrália:

Investimento TOTAL antes da Viagem – Aproximadamente AUD 8.000,00 + valor a comprovar no Banco AUD 10.800,00 (Preços de 2013).

2)      Outros principais tipos de visto

Atenção  – Estes tipos de vistos exigem níveis altos de Inglês comprovados através do teste do IELTS – Que é bem mais fácil quando feito ainda no Brasil do que aqui

Sponsor – Você tem que convencer algum empresa a patrocinar o seu visto para vir morar na Austrália. Tem uma série de restrições, tipo o tamanho da empresa, campo de trabalho e as suas habilidades (Terão que provar para o governo que você é realmente importante e necessário).

Skilled – Independent (Migrant)  – Sua área de trabalho deve estar numa lista de habilidades solicitadas pela Austrália e assim você vem por conta própria para procurar um emprego aqui. Geralmente este nível de profissional também pode tentar aplicar para Residente Australiano. Demora um pouco mais para sair (aproximadamente 1 ano), e seria para quem já tem a intenção de viver para sempre no pais. É necessário provar anos de profissão e uma série de documentos.

*Veja o que mudou em 2017 nesse post.

Site do governo da Austrália explica tudo isso. Veja aqui 

Custos de Vida

Austrália é um país bem caro para os estrangeiros, Sydney em especial é a cidade mais cara. Mas é claro se vc viver aqui é ganhar em dólar já é outra coisa:

Média de valores por pessoa/ semana (Tudo aqui é por semana, salários e contas).

  • Aluguel dividindo casa com outros estudantes e o quarto com 1 ou 2  (Geralmente com água, luz e internet) –  AUD$ 250/300.
  • Transporte publico – $ 50,00
  • Mercado: $ 50-100
  • Alimentação e diversão fora de casa $ 50
  • Total de gastos por semana: AUD $350/400.

Só para exemplificar:  se vc trabalhar de Cleaner (limpeza de casas ou escritórios por ex) ou Garçom, (São os empregos mais fáceis de conseguir devido a dificuldade que os brasileiros tem com o idioma quando chegam), inicialmente você ganhar algo em torno de 20 dólares a hora, com o tempo vc pode ganhar mais.

Trabalhando 20h por semana que é o que o governo permite, você paga a suas contas, mas precisará sempre estar buscando algo melhor para que sobre algo, afinal precisará de mais dinheiro caso queira renovar o seu visto após os 6 meses, que é o que acontece com todo mundo e também não dá pra viver no limite né.

Muita gente no Brasil (Eu tinha muita!) tem restrição em relação a esses “SUBEMPREGOS” que todo mundo acaba fazendo aqui, porém, adianto que só no Brasil temos esse PRECONCEITO. Aqui todo mundo faz, Australiano, Americano, Europeu… As pessoas são se importam de serem baba, motorista, ajudante de cozinha. Elas estão muito mais preocupadas em ter qualidade de vida depois do trabalho, ou atingir seus objetivos maiores (como investir em estudo), e isso é possível, pois mesmo para estas atividades menos qualificadas, é possível se viver bem.

Não quer dizer que você não possa conseguir um emprego melhor e ganhar mais, a questão é que temos que ser realistas e a realidade é que uma empresa não vai querer contratar um Executivo que trabalha apenas 4 horas por dia e que tem um visto com previsão de voltar para seu pais nos próximos 6 meses.

Esteja preparado para imprevistos e também para os 3 primeiros meses, pois até se adaptar com a cidade, organizar sua vida e conseguir um trabalho, pode levar este tempo.

Com quanto dinheiro vir pra Sydney e como trazer?

O melhor jeito de trazer é por VTM (Cartões internacionais que é possível fazer recarga pelo seu banco sempre que precisar).

Uma outra sugestão é usar a Transferwise, é seguro eu mesma sempre uso e se usarem esse link vocês não pagam a taxa de transferencia que é cobrada 🙂

Depois disso é só se preparar para o melhor tempo da sua vida, conhecendo pessoas e lugares incríveis!!!

Image

IMPORTANTE – COMO EM TODOS OS LUGARES do MUNDO os preços mudam e aqui não é diferente. Agora por exemplo, ouvi dizer que a taxa de visto para estudante já esta em AUD$ 1200.00.

Agora se ainda assim você preferir vir visitar a Austrália antes de se decidir, veja aqui o nosso roteiro perfeito.

E caso queira vir como turista, que seria uma boa opção para conhecer o país antes de tomar uma decisão tão séria e mudar de vez, pode vir como turista por até 3 meses (Mas ai não pode trabalhar com esse visto). Neste post conto como tirar o visto de turista.

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais🙂

O que fazer em Blue Mountains

Nesse post vou falar um pouco dessa Campos do Jordão ou ainda, porque não, Petrópolis ou Gramado australiana. Como toda cidade de campo, interior ou montanha, Blue Mountains  tem seu próprio charme e romantismo no ar, simples assim. Na verdade, bem simples…Diferente de algumas dos “refúgios de inverno” do Brasil, aqui a cidade tem um tom natural e parece ser exatamente isso. Image

Muita gente se pergunta como ir até lá, excursão, carro ou trem? Fui duas vezes de trem e uma de carro, particularmente, acho que trem é uma ótima e econômica opção (Veja o post aqui). É só ir direto para Katoomba (Aproximadamente 2h de Sydney), onde fica o centrinho e ai poderá caminhar dependendo do roteiro que pretende fazer.

Você não precisa de muito para gostar de desse pedacinho do céu, só de estar lá, e principalmente para quem gosta de inverno, poder usar um cachecol ou um casaco a mais já vai ser muito legal.

Chocolate quente com uma vista incrível, lojinhas e caminhadas por lindas paisagens, incluindo as das mansões por lá vão ser só mais detalhe.

Dicas para aproveitar o máximo de Blue Mountains

1)      Charles Darwin Walk

Image

Esta é a minha opção preferida – fazer um caminho totalmente diferente do básico, a trilha de Charles Darwin e caminhar (muito) até o topo. No caminho cachoeiras, escadarias de pedras, e muita natureza. No final, um restaurante maravilhoso para relaxar.  Vá de tênis e preparado para andar o dia todo, mas vale a pena.

2)      Scenic Sky / Lifts – Seriam os “bondinhos” deles aqui, tem 3 e são caros, legais mas achei muito pequenos os percursos pelo preço que cobram.  Acho que vale muito mais a pena andar, andar e andar.

Image

De qualquer forma, qualquer lado e qualquer jeito, Blue Mountains é sem dúvida uma opção imperdível para quem esta por aqui. Vamos aproveitar!!!

Se quiser saber mais sobre o que fazer e onde ficar em Sydney veja nesse post aqui

***Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada reserva, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!