Dica Extra! Aprenda Inglês

Chamei esse post de dica extra porque ele não trata exatamente de viagem. Vou falar um pouco sobre a minha experiência em aprender uma nova língua,  neste momento o Inglês, que com certeza  é o idioma oficial do planeta para o mundo Business.

IMG_7700Aprender inglês, as vezes acaba sendo maçante e quase um sacrifício, como estava sendo no meu caso. Fiz 4 livros/semestres completos na Wizard, 1 na UNS, meio no Fisk e uns 2 outros cursos que nunca terminei. Isso da um total de aproximadamente 3 anos e meio.

Considerando que em cada curso, fazemos umas 2 horas por semana ( x 4 semanas por mês = 8h x 42 meses),  estamos falando de mais ou menos , 336 horas de curso, e o resultado? Descobri, morando aqui na Austrália, que eu ainda não falo inglês.

Você pode usar seu inglês de 336 horas de curso, numa viagem de férias, na conversa com um amigo internacional ou até mesmo no seu trabalho (afinal, você conhece todo o vocabulário que precisa), mas não pode ser fluente somente com isso.

Ainda bem que estou aqui para estudar!  E fazendo essa conta de quase 4 anos ai em cima, cheguei nessa daqui:

Estudando 1 Mês na Austrália  5 horas por dia x 20 dias úteis = 100 horas num mês, ou seja, você faz o equivalente a um ano!

Isso sem contar que aqui você aprende todo momento, no ônibus a caminho da aula, no intervalo, na hora de comer, no mercado, com os amigos internacionais etc etc etc. Tem o real contato com a língua, além de conhecer novos lugares, passear e desfrutar (sem aula maçante!)

https://www.youtube.com/watch?v=ABkxGGctS2M

E o investimento financeiro?

Média de valor de um curso de inglês no Brasil por mês R$ 200,00 x 12 meses = 2.400,00

Aqui na Austrália, meu curso ficou por menos de R$ 2.000,00 por mês (lembrando que estudar aqui 01 mês equivale a 01 ano no Brasil  =) )

Se eu pudesse voltar no tempo, com certeza não investiria meu tempo e dinheiro nos cursos que fiz, teria viajando muito, investido meu mês de férias todo ano em um curso. Tá bom, eu AMO VIAJAR e arrumo qualquer desculpa para isso, mas acho que seria por uma boa causa.

Mas, se você, não pode fazer como eu, largar tudo e vir correndo pra cá, acho que você ainda tem uma saída.

Não fiquei só nas duas horinhas por semana. Dê valor ao que você esta investindo. E isso pode ser feito com simples atitudes:

  1. Estude! Não tem outro jeito… Tudo o que você aprendeu na aula da semana. Faça uma redação com as palavras novas, use o vocabulário.  Tente fazer uma redação por semana, mesmo que comece com 1 parágrafo;
  2. Escute! Familiarização com a língua é muito importante – Ouça músicas, assista filmes ou canais em inglês, mesmo que no início não entenda nada. Na primeira semana aqui, o som da TV parecia grego, hoje já identifico praticamente 100%.
  3. Fale! Mesmo que errado. Organize um grupo ou um amigo interessado em aprender ou ajudar. Faça amigos de outros lugares pela internet, mas principalmente, o pouco que aprender ou falar, tente usar a pronuncia certa. É muito melhor saber pouco, mas corretamente, do que achar que fala tudo e ninguém entender nada. Se você aprender a pronuncia correta, nunca vai ter problemas para identificar a palavra numa conversa. Brasileiros tem o péssimo hábito de não forçar isso, não seja mais um… As letras T e D tem sons mais fortes que o nosso, por exemplo.
  4. Leia! Escolha um livro bem legal e comece. Mesmo que não entenda, não pare. Tente marcar as palavras que você não conhece e procurar no dicionário uma por página lida (Se forem muitas e resolver procurar todas vai perder muito tempo e  não vai aprender nenhuma). Você não precisa saber todas as palavras para entender o contexto. Quando terminar o livro, pode reler e vai ver que muitas das palavras marcadas já não são mais desconhecidas.
  5. Dedicação! Por ultimo, não deixe suas duas horas por semana, meia hora, ou qualquer tempo que seja, passarem despercebidos durante os seus anos. Sugira Field Class (Aulas em bares, supermercados etc) para seus professores, cobre deles mais oportunidades para aprender.  Organize passeios nos pontos turísticos, quem sabe não conseguem abordar um turista? Me arrependo muito de nunca ter feito isso, e tinham tantos perto de mim!

O Inglês hoje abre portas para um emprego ou posição melhor, abre a nossa mente para o mundo, nos deixa mais confortáveis ao saber o que estamos cantando ou ao ver um filme sem ser dublado, mas principalmente, não só o inglês, aprender algo novo, qualquer coisa, nos permite trabalhar nossa mente, estimular a memória e nos torna mais vivos  e inteligentes para desenvolver outras habilidades.

Boa sorte!   ImageVista da rua de trás da minha escola de inglês, em Sydney

Se quiser saber mais sobre vir morar na Austrália visite: ESTUDAR NA AUSTRÁLIA

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais🙂

 

Anúncios