Visto de Turista para Austrália

Resolvi fazer esse post sobre o visto de turista para Austrália e quem sabe animar vocês a colocarem na listinha de metas do ano e virem conhecer esse país maravilhoso.

Como tirar Visto Australia

Ao contrário do que muita gente pensa o visto da Austrália para turistas é muito fácil de tirar pois é feito online. O visto para brasileiros é o 600

Eu já fiz vários para minha família e geralmente se você tem toda a informação é possível aplicar em menos de uma hora e o visto aprovado geralmente vem em menos de 24h. Já tive até uma vez que apliquei e veio em menos de 1 minuto, nem acreditei!

Claro que isso não é regra e imigração é sempre imigração.

Mas como aplicar para o visto de Turista?

Vou compartilhar com vocês aqui como eu faço mas lembrando sempre que essa foi a minha experiência e pode ser diferente para cada um.

Já vi alguns posts de pessoas dizendo que precisaram de cartas e um monte de documentos, mas para os vistos que fiz só mandei o passaporte e deu certo, exceto para menos de 18 anos que tem que mandar a certidão de nascimento e em caso de estar viajando apenas com um dos pais podem pedir uma autorização para a parte que não esta viajando e mais documentos.

Para iniciar o processo você precisa criar uma conta nesse site da imigração: https://online.immi.gov.au/lusc/register

passo a passo como tirar visto australia

O visto consiste em 18 páginas mas que são pequenas e que basicamente pedem as seguintes informações:

–       Copia Passaporte (Scaneada e de boa qualidade)

–       Endereço completo

–       Dados do RG

–       Estado civil e caso tenha alguma alteração no nome

–       Local de nascimento

–       telefones e e-mail de contato

–       Dados profissionais ( Onde trabalha, o que faz, endereço, telefone e tempo de trabalho)

–       Dados de pessoas de parentes / contato que ficarão no Brasil com nome complete, telefone e data de nascimento (Marido, filhos, irmãos, pais…etc).

– Quanto tempo ira ficar, o que vai fazer e como irá financiar a viagem para Austrália.

Além disso tem uma página com várias perguntinhas do tipo: Doenças, problemas na justiça, com drogas, se já teve algum visto negado para algum lugar etc.

No geral é bem simples, mas lembrando que eu não sou uma especialista, apenas alguém que fez e nunca teve problema, então se você não se sente seguro em fazer sugiro que contrate um especialista em visto.

Quando eu vim para Austrália vim como estudante e não quis arriscar algo mais sério do que um visto de férias então ao invés de fazer nessa caso contratei os serviços de uma agencia especializada que cuidou de além do visto da acomodação e escola.

Veja nesse video um pouco da nossa história aqui:

A taxa do visto de turista é de torno de AUD $ 136 (Dólares Australianos) e pode ser pago com os dados do cartão do Brasil mesmo.

Quanto tempo dura esse visto?

Esse visto pode valer por até um ano, sendo que geralmente te permite ter várias entradas no país de até 3 meses (as vezes 6) cada. Ou seja, com esse visto você pode voltar várias vezes dentro do ano de emissão do mesmo sem ter que aplicar de novo, desde que a cada 3 meses saia do país.

Lembrando que o visto de turista não de dá permissão para trabalhar.

Caso vocês queiram saber mais sobre outros tipos de vistos vejam esse post aqui 

tudo sobre australia

Espero que essas dicas sejam úteis e ajudem vocês a decidirem vir para Austrália . Acho que motivos já dei bastante para vocês querem vir, não é mesmo?

Se ainda não tem dá um olhadinha nos meus outros posts aqui.

Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada hospedage, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!

 

Inglês de Australiano

Sei que vocês  já devem ter ouvido milhares de coisas sobre o sotaque do Inglês de Australiano e é verdade que ele é bem diferente do americano, mas acho injusto dizer que é mais difícil.

O que acontece é que ouvimos música e filmes com “inglês hollywoodiano”  a vida toda, e quando nos aparece alguém como meu amigo Shane deste video, parece muito mais grego do que qualquer outra coisa.

Nas primeiras semanas logo que cheguei em Sydney me assustei um pouco e me perguntava que tipo de Inglês me ensinaram no Brasil pois não tem nada a ver com esse daqui, mas garanto que com o tempo você acostuma 🙂

Nesse trecho do filme Anchorman 2 eles tiram uma com o Australian….muito bom!

Mas realmente a Austrália tem um inglês tão diferente assim?

A Austrália também é um país muito grande e existem diferenças por região assim como no Brasil.  Depois de algum tempo morando aqui, claramente é possível perceber  o sotaque de quem é de Brisbane or Melbourne por exemplo, muito similiar com o que acontece  se você colocar um nordestino com um gaucho. Uma outra questão é que como a Austrália é um pais de imigrantes, existe uma mistura incrível e nem todo mundo é realmente native speaker como o meu amigo, o que faz com que a língua sofra algumas transformações…

Podemos também  reparar no video algumas das palavras que os Australianos usam muito, tipo mate. Outra coisa é que eles cortam tudo… No video o Shane fala sobre o Veggie – Vegemite. Um produto de passar no pão que tem cor de chocolate, mas é  salgado e eles amam mas não atrai muito o nosso paladar…

Veja so a reação do meu amigo brasileiro Felipe nesse outro video.

Entao, se vc sse pergunta como um Australiano fala, esta ai!

Have a G’day Mate!

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais.

Dica Extra! Aprenda Inglês

Chamei esse post de dica extra porque ele não trata exatamente de viagem. Vou falar um pouco sobre a minha experiência em aprender uma nova língua,  neste momento o Inglês, que com certeza  é o idioma oficial do planeta para o mundo Business.

IMG_7700Aprender inglês, as vezes acaba sendo maçante e quase um sacrifício, como estava sendo no meu caso. Fiz 4 livros/semestres completos na Wizard, 1 na UNS, meio no Fisk e uns 2 outros cursos que nunca terminei. Isso da um total de aproximadamente 3 anos e meio.

Considerando que em cada curso, fazemos umas 2 horas por semana ( x 4 semanas por mês = 8h x 42 meses),  estamos falando de mais ou menos , 336 horas de curso, e o resultado? Descobri, morando aqui na Austrália, que eu ainda não falo inglês.

Você pode usar seu inglês de 336 horas de curso, numa viagem de férias, na conversa com um amigo internacional ou até mesmo no seu trabalho (afinal, você conhece todo o vocabulário que precisa), mas não pode ser fluente somente com isso.

Ainda bem que estou aqui para estudar!  E fazendo essa conta de quase 4 anos ai em cima, cheguei nessa daqui:

Estudando 1 Mês na Austrália  5 horas por dia x 20 dias úteis = 100 horas num mês, ou seja, você faz o equivalente a um ano!

Isso sem contar que aqui você aprende todo momento, no ônibus a caminho da aula, no intervalo, na hora de comer, no mercado, com os amigos internacionais etc etc etc. Tem o real contato com a língua, além de conhecer novos lugares, passear e desfrutar (sem aula maçante!)

https://www.youtube.com/watch?v=ABkxGGctS2M

E o investimento financeiro?

Média de valor de um curso de inglês no Brasil por mês R$ 200,00 x 12 meses = 2.400,00

Aqui na Austrália, meu curso ficou por menos de R$ 2.000,00 por mês (lembrando que estudar aqui 01 mês equivale a 01 ano no Brasil  =) )

Se eu pudesse voltar no tempo, com certeza não investiria meu tempo e dinheiro nos cursos que fiz, teria viajando muito, investido meu mês de férias todo ano em um curso. Tá bom, eu AMO VIAJAR e arrumo qualquer desculpa para isso, mas acho que seria por uma boa causa.

Mas, se você, não pode fazer como eu, largar tudo e vir correndo pra cá, acho que você ainda tem uma saída.

Não fiquei só nas duas horinhas por semana. Dê valor ao que você esta investindo. E isso pode ser feito com simples atitudes:

  1. Estude! Não tem outro jeito… Tudo o que você aprendeu na aula da semana. Faça uma redação com as palavras novas, use o vocabulário.  Tente fazer uma redação por semana, mesmo que comece com 1 parágrafo;
  2. Escute! Familiarização com a língua é muito importante – Ouça músicas, assista filmes ou canais em inglês, mesmo que no início não entenda nada. Na primeira semana aqui, o som da TV parecia grego, hoje já identifico praticamente 100%.
  3. Fale! Mesmo que errado. Organize um grupo ou um amigo interessado em aprender ou ajudar. Faça amigos de outros lugares pela internet, mas principalmente, o pouco que aprender ou falar, tente usar a pronuncia certa. É muito melhor saber pouco, mas corretamente, do que achar que fala tudo e ninguém entender nada. Se você aprender a pronuncia correta, nunca vai ter problemas para identificar a palavra numa conversa. Brasileiros tem o péssimo hábito de não forçar isso, não seja mais um… As letras T e D tem sons mais fortes que o nosso, por exemplo.
  4. Leia! Escolha um livro bem legal e comece. Mesmo que não entenda, não pare. Tente marcar as palavras que você não conhece e procurar no dicionário uma por página lida (Se forem muitas e resolver procurar todas vai perder muito tempo e  não vai aprender nenhuma). Você não precisa saber todas as palavras para entender o contexto. Quando terminar o livro, pode reler e vai ver que muitas das palavras marcadas já não são mais desconhecidas.
  5. Dedicação! Por ultimo, não deixe suas duas horas por semana, meia hora, ou qualquer tempo que seja, passarem despercebidos durante os seus anos. Sugira Field Class (Aulas em bares, supermercados etc) para seus professores, cobre deles mais oportunidades para aprender.  Organize passeios nos pontos turísticos, quem sabe não conseguem abordar um turista? Me arrependo muito de nunca ter feito isso, e tinham tantos perto de mim!

O Inglês hoje abre portas para um emprego ou posição melhor, abre a nossa mente para o mundo, nos deixa mais confortáveis ao saber o que estamos cantando ou ao ver um filme sem ser dublado, mas principalmente, não só o inglês, aprender algo novo, qualquer coisa, nos permite trabalhar nossa mente, estimular a memória e nos torna mais vivos  e inteligentes para desenvolver outras habilidades.

Boa sorte!   ImageVista da rua de trás da minha escola de inglês, em Sydney

Se quiser saber mais sobre vir morar na Austrália visite: ESTUDAR NA AUSTRÁLIA

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais🙂