Cook Islands o paraíso no Pacífico Sul

Neste post quem vai dar as dicas e a nossa convidada Bianca do site Love Live Nature que fala sobre viagens, estilo de vida e afins! Ela irá contar um pouco sobre um lugar muito especial as Ilhas Cook que ficam no pacífico Sul.

praia cook island dicas

Mas onde exatamente esse pedacinho do paraíso fica?

Cook Islands é literalmente um paraíso e fica 3 horas da Nova Zelândia. Existem muitas ilhas em Cook Islands, mas passei a maior parte do tempo em Aitutaki e Rarotonga.

Aitutaki fica a 45 minutos de voo de Rarotonga e tem a lagoa mais deslumbrante que eu já vi! A mãe natureza criou a cor azul turqueza mais bonita do mundo e essa cor é chamada de Aitutaki Lagoon. Vejam isso:

lagoon cook Island

As pessoas de Aitutaki são muito receptivas e elas fazem você se sentir tão confortável e a vontade. Aututaki tem muito a oferecer e a natureza é uma prova disso. Nós passamos os dias descansando na piscina e na lagoa, desbravando as incríveis ilhas, mergulhando nos melhores recifes de corais do mundo e, claro, degustando maravilhosas comidas (a maior parte no hotel).

piscina paraiso

Eu fiquei hospedada no Pacific Resort Aitutaki onde há 2 lugares para jantar: Rapae Bay Restaurant e Black Rock Café. A comida é divina e sem falar que esse Resort é um dos melhores resorts que que já me hospedei. Este resort oferece todos os quartos com vista para a lagoa, super indico!

por do sol cook island

Essa foto representa a vista de um dos restaurantes do resort no final da tarde. Nada melhor que jantar e tomar uns drinks com uma vista maravilhosa como essa. Sem contar que eles tem um dos melhores chefs trabalhando para este resort, então você pode imaginar quanto a comida é espetacular. Eles também oferecerem muitas atividades para os hospedes e tem bicicletas para que você possa passear pela ilha.

bicicleta

Rarotonga é um pouco maior que Aitutaki, tem um centrinho com mais restaurantes ao redor, porém Aitutaki é minha ilha preferida. Se você quer descansar, aproveitar o que a natureza tem para oferecer, comer comidas maravilhosas e ainda conhecer uma cultura super relax, eu super recomendo ir para Cook Island.

ilhas cook dicas

Cook Island dicas viagensEspero que tenham gostado das dicas dessa viagem incrível que dá pra fazer saindo da Austrália ou da Nova Zelândia (Veja aqui também outros destinos imperdíveis bem próximos daqui). A Bianca também é uma brasileira que mora em Sydney, aproveitem para seguir ela também:

Instagram www.instagram.com/lovelivenaturebybianca

Facebook (www.facebook.com/lovelivenature).

*E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais.

Anúncios

Intercâmbio no Canadá

Hoje a categoria guests com posts especiais de amigos e convidados que já foram para alguns lugares que ainda não fui e que gostaria de ir. Acho que é uma forma também da gente saber o que esta acontecendo por ai….Afinal o mundo não gira só aqui em Sydney, certo?

A primeira convidada é uma super amiga, a Raquel Quintella que além de tudo é uma excelente profissional de Turismo com experiências incríveis. Ela também teve a coragem de largar tudo – Emprego, família e conforto para enfrentar o desafio de viver numa terra diferente por 6 meses, ter uma experiência a mais na vida.

Quando eu li o texto da Raquel sobre o Canadá, tive a impressão que ela estava falando aqui da Austrália. Pois é…Só o Brasil que fica devendo essas coisas. Mais ainda bem que a gente tem a oportunidade de viajar, aprender e quem sabe levar algumas boas idéias para o nosso querido país.

***

Vancover – Canadá by Raquel Quintela

bandeira Canadá

Quando cheguei em Vancouver me impressionei com a mistura de raças que tem aqui, uma quantidade enorme de estrangeiros. O Canada é um país multicultural que tem a maior taxa de imigração per capita do mundo. Percebi a presença de muitos asiáticos em todos os cantos, porém os registram mostram que a maior origem étnica é a inglesa seguida da francesa.

Este multiculturalismo é muito interessante, pois nos permite conhecer diferentes culturas através da comunicação, gastronomia, costumes, vestuários… É muito bom ter este contato com diversas nacionalidades e aprender coisas que jamais imaginaria e ainda aprender a conviver e a respeitar cada cultura.

Outro ponto que me chamou a atenção foi a educação e prestatividade das pessoas que vivem aqui. Isso acontece em qualquer lugar! Ao entrar, por exemplo em um shopping mall, e buscar informação naqueles painéis com o mapa das lojas, certamente vai surgir de algum lugar um funcionário do shopping perguntando se você precisa de ajuda. Os motoristas de ônibus me surpreendem a cada dia com seu bom humor e cordialidade, incrível como eles são preparados para dar informações, inclusive turísticas. As três palavras que fazem parte do cotidiano aqui são: sorryexcuse-me, e thank you. As vezes e até engraçado, pois as pessoas pedem desculpas por acharem que poderiam esbarrar em você, muitas vezes fico tentando entender porque alguém me pediu desculpas e ai percebo que essa pessoa QUASE esbarrou em mim.

bus Vancover

Aqui existe pontualidade para tudo, inclusive para o transporte público. Eu nunca fico mais de 5 min esperando por um ônibus porque posso enviar uma mensagem de texto do celular com o número da parada do ônibus e eu recebo a mensagem de retorno com o horário dos próximos ônibus  podem acreditar, o horário é exato. Tenho também a opção de consultar na internet os horários de todas as linhas de ônibus, sky train, seabus, enfim de todos os meios de transportes públicos.

Canadá caminho

A prioridade no trânsito é sempre do pedestre ou do ciclista, que são muito respeitados na prática. Os ônibus são equipados para transportar bicicletas com um suporte que fica do lado de fora e o próprio ciclista coloca e retira sua bike. Eles possuem também um sistema que rebaixa o ônibus na altura da calçada facilitando o embarque e desembarque de deficientes, idosos e carrinhos de bebê. Ao entrar no ônibus é comum cumprimentar o motorista e ao sair, agradecer. O motorista esperar as pessoas sentarem e/ou se acomodarem para dar partida, já vi alguns avisarem que estão partindo, parece besteira, mas além do conforto, nos sentimos importantes! O pedestre é obrigado a atravessar sempre na faixa de pedestre, podendo ser multado se não fizer isso.

A água que bebemos vem da torneira, já chega potável em nossas casas.

Canadá parque

Vancouver é um lugar que me sinto segura em qualquer lugar e a qualquer hora, tem muita gente esquisita na rua, mas o máximo que vai acontecer é te pedirem um trocado. Quando voltar para o Brasil terei que me acostumar novamente a não andar pela rua falando no celular, não ficar com a bolsa aberta dando bobeira, tomar cuidado ao entrar no carro e etc..

Grand Boulevard Park - North Vancouver4

A cidade possui muitos parques, praças, praias e muito verde, árvores e jardins lindos espalhados, isso deixa a cidade com uma beleza única além de incentivar a pratica de esportes e atividades ao ar livre, como tenis, golf, frisbee, ioga entre outros.

Viver no Candá

Sou muito feliz por ter essa oportunidade de viver por 6 meses em um país de primeiro de mundo, em uma cidade que foi eleita novamente em 2013 como umas das 3 cidades com a melhor qualidade de vida do mundo. Sem falar na experiência do intercâmbio cultural e no aprendizado de um segunda língua.

***

Autora

Raquel Quintela, MBA em Negócios pelo Centro Universitário de Vila Velha e  turismóloga graduada pela Estácio de Sá Vitória / ES e diretora da All Senses Viagens

*E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais 🙂