Viagens de carro próximas de Sydney

Já fizemos várias viagens de carro pela Austrália e muita gente me pede dicas sobre o que fazer por aqui então selecionei o melhor das opções bem próximas de Sydney seja para um final de semana ou quando dá aquela vontade de fazer algo diferente mesmo só para sair da rotina.

Wollongong viagem de carro australia

Cidades de Praias ao Sul de Sydney

  1. Wollongong é uma trip bem legal para quem gosta de curtir dentro do carro pois a parte principal é passear na estrada mesmo e parar neste ponto de Asa delta bem em uma das roads mais lindas daqui que é a Grand Pacific Drive. Essa é uma viagem que dá pra fazer tipo “bate e volta” no mesmo dia ou num final de semana pois é bem pertinho de Sydney. Contamos tudo no video abaixo 
  2. Jervis Bay é um dos lugares mais famosos da Austrália. Eu ainda não tive muita sorte com o tempo lá mas não vou desistir rs.

Cidades de Praias ao Norte de Sydney

  1. Port Stephens (Aqui o roteiro completo para o Norte até Gold Coast)
  2. NewCastle É a segunda maior cidade de NSW e tem ótimas opções de hospedagem, além de ficar pertinho de Port Stephens e dar para casar a viagem.
  3. Central Coast / Terrigal É aquele tipo de cidadezinha de interior mas que tem tudo o que vc precisa. Apenas a 1h30min de Sydney

Acompanhem a gente também no Instagram pra não perder nenhuma dica de viagens na Austrália

Pra quem esta buscando algo diferente como destinos mais românticos ou com mais contato com a natureza:

  1. Hunter Valley – Perfeito para casais mas também vale para a família
  2. Blue Mountains – Dá pra ir e voltar mas porque não ficar o final de semana
  3. Morisset – Definitivamente o melhor lugar para ter contato direto com os Cangurus e também aproveitar a natureza

E pra fechar, se o seu negócio não é mesmo praia porque não tentar neve? Temos dois videos lá no canal então não deixem de conferir 🙂

Veja neste post o roteiro completo para Brasileiros na Austrália aqui. 

*E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais.

 

Anúncios

Visto de Turista para Austrália

Resolvi fazer esse post sobre o visto de turista para Austrália e quem sabe animar vocês a colocarem na listinha de metas do ano e virem conhecer esse país maravilhoso.

Como tirar Visto Australia

Ao contrário do que muita gente pensa o visto da Austrália para turistas é muito fácil de tirar pois é feito online. O visto para brasileiros é o 600

Eu já fiz vários para minha família e geralmente se você tem toda a informação é possível aplicar em menos de uma hora e o visto aprovado geralmente vem em menos de 24h. Já tive até uma vez que apliquei e veio em menos de 1 minuto, nem acreditei!

Claro que isso não é regra e imigração é sempre imigração.

Mas como aplicar para o visto de Turista?

Vou compartilhar com vocês aqui como eu faço mas lembrando sempre que essa foi a minha experiência e pode ser diferente para cada um.

Já vi alguns posts de pessoas dizendo que precisaram de cartas e um monte de documentos, mas para os vistos que fiz só mandei o passaporte e deu certo, exceto para menos de 18 anos que tem que mandar a certidão de nascimento e em caso de estar viajando apenas com um dos pais podem pedir uma autorização para a parte que não esta viajando e mais documentos.

Para iniciar o processo você precisa criar uma conta nesse site da imigração: https://online.immi.gov.au/lusc/register

passo a passo como tirar visto australia

O visto consiste em 18 páginas mas que são pequenas e que basicamente pedem as seguintes informações:

–       Copia Passaporte (Scaneada e de boa qualidade)

–       Endereço completo

–       Dados do RG

–       Estado civil e caso tenha alguma alteração no nome

–       Local de nascimento

–       telefones e e-mail de contato

–       Dados profissionais ( Onde trabalha, o que faz, endereço, telefone e tempo de trabalho)

–       Dados de pessoas de parentes / contato que ficarão no Brasil com nome complete, telefone e data de nascimento (Marido, filhos, irmãos, pais…etc).

– Quanto tempo ira ficar, o que vai fazer e como irá financiar a viagem para Austrália.

Além disso tem uma página com várias perguntinhas do tipo: Doenças, problemas na justiça, com drogas, se já teve algum visto negado para algum lugar etc.

No geral é bem simples, mas lembrando que eu não sou uma especialista, apenas alguém que fez e nunca teve problema, então se você não se sente seguro em fazer sugiro que contrate um especialista em visto.

Quando eu vim para Austrália vim como estudante e não quis arriscar algo mais sério do que um visto de férias então ao invés de fazer nessa caso contratei os serviços de uma agencia especializada que cuidou de além do visto da acomodação e escola.

Veja nesse video um pouco da nossa história aqui:

A taxa do visto de turista é de torno de AUD $ 136 (Dólares Australianos) e pode ser pago com os dados do cartão do Brasil mesmo.

Quanto tempo dura esse visto?

Esse visto pode valer por até um ano, sendo que geralmente te permite ter várias entradas no país de até 3 meses (as vezes 6) cada. Ou seja, com esse visto você pode voltar várias vezes dentro do ano de emissão do mesmo sem ter que aplicar de novo, desde que a cada 3 meses saia do país.

Lembrando que o visto de turista não de dá permissão para trabalhar.

Caso vocês queiram saber mais sobre outros tipos de vistos vejam esse post aqui 

tudo sobre australia

Espero que essas dicas sejam úteis e ajudem vocês a decidirem vir para Austrália . Acho que motivos já dei bastante para vocês querem vir, não é mesmo?

Se ainda não tem dá um olhadinha nos meus outros posts aqui.

Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada hospedage, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!

 

Mãe de Primeira Viagem 

A primeira road trip do nosso baby viajante aconteceu quando ele tinha apenas 7 semanas. Confesso que pela primeira vez na vida fiquei insegura na hora de viajar e quase que desanimei. Muita coisa pra arrumar e medo de dar algo errado eram os sentimentos que rondavam na minha cabeça o tempo todo. Normal para uma mãe de primeira viagem, não?

Acredito que esses pensamentos também são parte do processo de adaptação da nova vida e do pós parto, afinal mal se passaram apenas dois meses desde que ele nasceu.

Depois de respirar bem fundo, o desejo de viajar falou mais alto (claro!), então colocamos tudo no carro e partimos para nossa aventura a alguns quilômetros  pro sul de Sydney.

E adivinhem só? O nosso baby viajante parece mesmo que nasceu pra isso. Dormiu as 3h direto no carro e se comportou direitinho por toda a viagem. Estávamos preparados para parar de 1 em 1 hora e amamentar, acalmar ou trocar se fosse necessário, mas não foi.

Algo que tenho que destacar aqui é que a colaboração do papai na hora da decisão e durante a viagem também foi fundamental.

O hug a Bub – esse tecido de segurar o bebe ajudou muito.

Também tiveram outras atitudes que foram essenciais para o sucesso dessa viagem e a primeira delas foi a paciência pois a diferença de viajar sozinhos e a de viajar com um bebe e ainda recém nascido, e que você precisa abrir mão de muita coisa, como por exemplo horas de sol na praia já que não pra ficar na areia o dia todo com ele.

Um dos fatores mais importante  do sucesso dessa viagem foi a decisão de termos escolhido alugar uma casa ao invés de ficar em um hotel pois tivemos acesso a cozinha e a mais espaço de lazer para toda a família, afinal agora não da mais pra passar o dia todo batendo perna por ai.

Usei o www.airbnb.com.au para fazer a reserva e foi ótimo! Alugamos uma super casa que acomodava perfeitamente 10 pessoas por $200 dólares por noite. Mais barato que muita cama de hostel aqui na Austrália.

O legal desse site é que pessoas comuns alugam suas próprias casas o que faz com que a estrutura do local seja muito boa.

Em muitos dos casos trata-se da própria residência de quem esta alugando, o que faz ser possível encontrar lugares incríveis. Essa mesmo que pegamos tinha tudo! E estava impecável.

Se você ainda não tem cadastro no Airbnb use esse link abaixo e eu e você ganharemos um credito de aproximadamente $50 dólares australianos pra nossa próxima reserva, não é o máximo?

www.airbnb.com.au

O aplicativo do airbnb é muito fácil de usar e o site é super seguro. Ele verifica a identidade de quem aluga e esta alugando e além disso você paga pelo site para não ter que negociar o pagamento com a pessoa da casa. Tudo muito prático e confiável.

***Veja tudo sobre como usar o AIRBNB nesse post AQUI. 

Outras dicas importantes para o sucesso da sua viagem com bebe:

  • Viaje com pessoas que tenham bebês ou que tenham afinidade com crianças pois elas vão precisar entender que o tempo o seu tempo é diferente, por exemplo quando você esta pronta para sair para um passeio e precisa acalma-lo, amamentar ou trocar novamente o bebe que pode atrasar o compromisso em algumas horas. Outra coisa é que criança chora e nem todo mundo esta disposto a ouvir. E o mais importante, você vai precisar em algum momento de uma mãozinha e se estiver com alguém que tenha alguma experiência vai ser ótimo
  • Procure um destino que você seja familiar, saiba o que esperar sem surpresas e que a distancia seja razoável antes de tentar algo totalmente novo. Você já vai ter ansiedade demais pelo bebe, não vá para o seu destino dos sonhos de cara pois pode acabar tendo suas férias frustradas.
  • Use a primeira viagem como experiência para testar a adaptação do seu bebe. Costumo dizer que um amigo adulto você só conhece mesmo viajando com eles, para um bebe não é diferente.

Sobre o destino ficamos na regiao do Conjola National Park com praias, caminhadas e muitos cangurus soltos.


  

Particularmente cada vez mais acho que pra qualquer lugar que formos na Australia vai sempre valer a pena!

Veja mais dicas de Mãe e outras viagens que fizemos com nosso bebê AQUI. 

***Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada hospedagem, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!

Babymoon, mas o que é isso?

Pra quem acompanha a gente pelo Instagram e Facebook já sabe que a Família Viaje pelo Mundo esta aumentando. Estamos esperando nosso Australianinho que esta previsto para chegar até início de Outubro.

Babymoon

Estamos casados a 7 anos e apesar de ter filhos sempre ter sido parte dos nossos planos, este projeto sempre acabava sendo adiado por conta de só mais uma viagem que queríamos fazer.  Até que no ano passado chegamos a conclusão de que toda vez que realizávamos uma viagem sonho, logo vinha outra no lugar e assim por diante.

Babymoon

Já tinhamos feito grande parte do que queríamos, afinal mudamos para Austrália, fomos para Europa, Asia, EUA etc etc mas mesmo assim muitas vezes eu tinha aquele sentimento de só mais uma antes de que a bagagem aumentasse de vez. Até que em janeiro desse ano minha irmã veio nos visitar aqui com seu marido e meu sobrinho de 3 anos. Sem contar a longa viagem do Brasil pra cá fizemos várias viagens intensas aqui pela Austrália (Veja aqui) e tudo ocorreu perfeitamente. Pra falar a verdade foi muito bom ter um companheirinho para animar a viagem e sinceramente não deu trabalho nenhum.

Viajando em Família

Não deu outra, férias + empolgação de família = nosso baby foi encomendado 🙂

Dentro de todo o planejamento e as mudanças que vieram nesses últimos meses, não poderia faltar a nossa Babymoon.

Mas o que é isso?

Babymoon nada mais é do que um jeitinho chique de chamar umas curtas férias para casais grávidos, encaixadas em algum lugar entre os enjoos do inicio e antes de que você esteja grande demais pra querer ou conseguir ir pra qualquer lugar. 

Babymoon

Fizemos a nossa com 28 semanas de gestação ou 7 meses. foi bom porque pudemos tirar bastante foto com a barriga, mas foi no limite. O voo de 3 horas já foi um pouco cansativo e se fosse mais do que isso acho que não aguentaria. Se pudesse aconselharia as “moms to be” a fazerem isso lá pelas 20 semanas onde temos mais energia e a gravides já esta estabilizada.

Babymoon

No geral, acho que a idéia de Babymoon é super válida afinal é bom fazer uma última viagem como casal, com romantismo e pouca mala e se preparar para a função que vai ser viajar daqui pra frente por que parar de viajar não dá né?

Postei também no nosso canal no Youtube um video falando no nosso chá de Bebe que foi temático “Uma viagem aos anos 1920” e contando um pouquinho da história já do nosso bebe. Espero que gostem!

Pra quem quer saber mais sobre famílias viajantes indico dois blogs o Ases abordo e o Felipe o Pequeno Viajante são inspiradores.

****

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais.

Viagem de carro de Sydney até Gold Coast

Quando começamos a planejar nossa viagem de carro pela Costa Australiana pensamos em ir ate Brisbane, mais precisamente até Noosa. Porém, já no início do roteiro ao passar por algumas cidades e definitivamente quando chegamos em Gold Coast, decidimos ficar alguns dias a mais por ali e deixar as outras cidades para uma próxima oportunidade.

COSTA AUSTRALIANA DE CARRO

Tem gente que acha a viagem um pouco longa pois chega dar aproximadamente 12 horas, mas porque fomos parando e fizemos a viagem com mais um casal de amigos,  fez com que tivéssemos um tempo bem legal e nem percebêssemos a distância. Pra quem gosta de dirigir como o meu marido, não foi nenhum problema, além disso as estradas são perfeitas!

Cruzamos quase todas as cidadezinhas de NSW, o estado onde esta Sydney e contamos tudo no roteiro abaixo.

viagem carro australia

Mas o que nos fez realmente mudar de ideia e ficar mais em Gold Coast?

Gold Coast tem um clima de praia maravilhoso. Me lembrou um pouco o estilo de Floripa com praias lindas, prédios super altos  e adrenalina nos parques temáticos, como no Beto Carreiro. Além disso, bons restaurantes e avenida badaladinha de noite para passear com aquela atmosfera de praia, calor, música e gente bonita. Surfers Paradise (como é chamada esta parte de Gold Coast) é exatamente assim!

_DSC1606

Além disso, gostamos tanto de Byron Bay que resolvemos passar por lá de novo na volta:)

Bem vindos a Byron Bay

Minhas principais dicas de Gold Coast

Ticket dos parques para 3 dias  – Foi o melhor achado da Viagem! Pagamos praticamente o preço de um parque para fazer os 3  e esse foi o grande motivador para ficarmos. Você pode comprar online ou na recepção de todos dos hotéis também vendem. O que você precisa definir é em que parque quer ir pois existem pacotes diferentes e cada pacote inclui o parque do mesmo grupo. Por exemplo, queríamos ir no Movie World então o combo dele era o Sea World e o Wet’n’Wild. Não sou muito chegada nos brinquedos, mas amei os shows e os animais principalmente do Sea World.Sea World

O pulo do gato – Comecei a observar que todos os asiáticos tinham um copo-garrafa super engraçado, no começo ainda pensei…só esses japas mesmo. Mas depois descobri que o copinho era refil e que valia muito a pena! Estava bem quente e como em todos os parques, bebidas são super caras. Cada ponto de venda/parque tinha o seu acordo para o refil, mas alguns até aceitam recarregar com a garrafinha do parque do dia anterior com uma taxa menor, tipo 3 dólares. Boa Japas! Se vocês se perguntaram o que é esse negócio estranho na mão do meu marido adivinha – A garrafinha rs.

Parques tematicos Gold Coast

Hotéis com excelentes condições – Devido ao enorme parque hoteleiro foi possível encontrar excelentes meios de hospedagens mesmo de última hora por barganhas! Diferente do que acontece em Byron Bay que pagamos AU$ 200 por um Hotel bom porém simples.A vista era boa…

hotel byron bay

Na Gold Coast ficamos no Chevron Tower e adorei. Com certeza uma pedida para voltar um dia com família, filhos etc. É praticamente um apartamento com uma estrutura incrível por dentro e por fora. A piscina tinha areia de verdade! A localização também não deixa a desejar. Fica dentro de um centro comercial com supermercado e bem pertinho de restaurantes.

Vista do nosso quarto para a area da piscina

Hotel Gold Coast

Outra vista incrível do por do Sol na Gold Coast

vista hotel Gold coast

Na última noite tivemos que mudar para o Mantra que estava bem pertinho também, mas infelizmente a experiência não foi das melhores. Não sei se criei uma expectativa muito grande, mas comprei um quarto que era para ser vista para o mar e de mar não tinha nada, o quarto era pequeno e não achei o staff muito amigável. Tivemos problemas também com o estacionamento que estava lotado e nos mandaram para um a 2 quadras do hotel. Pagamos bem mais carro do que no hotel anterior e não valeu a pena. Não que fosse um hotel ruim mas…

A vista ao mar que me venderam :/

Mantra Gold Coast

Pra nao dizer que nao gostei de nada, a piscina era bem bonita.

Mantra Gold Coast

Algumas das cidades que passamos

Port Macquarie – Linda cidadezinha e bem perto de Sydney – Vale o final de semana lá. Ficamos na ida neste meio de hospedagem Port Macquarie Breakwall Holiday Park. Aqui eles chama de Cottage – Essa casinha estilo daquelas dos filmes que você pode transportar inteira.

Hospedagem em port Macquarie Australia

Super indico o lugar. Custo benefício excelente, principalmente para quem esta com família grande e dividindo! Tem uma estrutura muito boa, dá até pra cozinhar nas casinhas.

_DSC0454

Foto do Farol de Port Macquarie

Port Stephens –  Saída de passeios para nadar com golfinhos, infelizmente não fiz mas quero voltar para ficar pelo menos uns 2 dias. Também tem vários tours para as dunas, nada como as de Natal – RN mas ainda assim muito legal.

Dunas AustralianasNewcastle – É a cidade que paramos mais próxima de Sydney. Confesso que me surpreendi muito com a praia, achei linda! Não posso falar muito da cidade pois ficamos apenas umas 2 horas. Já fomos outras vezes pra lá e ficamos no Crowne Plaza, muito bom!New Castle

Pra finalizar quero dizer para vocês que viajar de carro pela Austrália foi super tranquilo. Apesar de ter sido entre Natal e Ano novo foi super calmo, não pegamos nada de trânsito e as estradas são ótimas.

Quer ver o roteiro completo para Brasileiros na Austrália? Clique AQUI!

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais.

Um pouquinho de Byron Bay

 

Nunca pensei muito sobre como seria Byron Bay. Não esperei nada demais, não planejei muito pois tive uma temporada bem agitada antes da viagem e dessa vez deixei rolar pra ver o que iria acontecer.

20131228-230029.jpg

Sempre ouvia muita gente dizer “amo Byron” mas não sei porque, nunca perguntei o que causava essa atração pelo lugar e no final das contas tivemos uma ótima surpresa!

É que diferente de outras cidades de praia, Byron não se explica. Você precisa ir até lá e viver o lugar. É uma cidade conhecida como a Capital Hippie, e concordo. Dá pra ver muita gente alternativa por aqui do tipo “Paz e amor“, sabe?

Mas, apesar de ter cara de cidadezinha, tem suficiente infraestrutura, muito melhor que grandes cidades por ai. Lojinhas de marcas famosas, mercados, bons restaurantes até tarde (O que é uma das coisas mais difíceis de encontrar durante a viagem já que os Australianos jantam super cedo – entre 6 e 7 da noite), e muita, muita gente jovem.

20131228-230111.jpgNessa vibe de ir sem rumo e planejamento, deixamos para reservar o Hotel em cima da hora e acabamos pagando $200 numa diária neste hotel que nem fica exatamente em Byron, mas sim numa outra cidadezinha próxima. Ainda bem que o o hotel era arrumadinho e bem novinho pelo menos. Acho que fazendo a reserva antecipada até dá pra pegar tarifas melhores lá mesmo. Ele fica em frente a um lago super tranquilo.

Ou seja, se você esta planejando ir para Byron Bay, esteja preparado para um pouco mais de gente que esta acostumado a ver, a pagar um pouco mais num hotel do que em qualquer outro lugar da costa, de Sydney até Gold Coast que é pra onde fomos.
Mas posso falar: Nem que seja por uma noite vale a pena!

Se quiser saber um pouquinho mais sobre a nossa viagem de carro pela Austrália, o link esta aqui. 

E neste link o nosso roteiro completo pela Austrália. 

*E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais 🙂

O que fazer em Blue Mountains

Nesse post vou falar um pouco dessa Campos do Jordão ou ainda, porque não, Petrópolis ou Gramado australiana. Como toda cidade de campo, interior ou montanha, Blue Mountains  tem seu próprio charme e romantismo no ar, simples assim. Na verdade, bem simples…Diferente de algumas dos “refúgios de inverno” do Brasil, aqui a cidade tem um tom natural e parece ser exatamente isso. Image

Muita gente se pergunta como ir até lá, excursão, carro ou trem? Fui duas vezes de trem e uma de carro, particularmente, acho que trem é uma ótima e econômica opção (Veja o post aqui). É só ir direto para Katoomba (Aproximadamente 2h de Sydney), onde fica o centrinho e ai poderá caminhar dependendo do roteiro que pretende fazer.

Você não precisa de muito para gostar de desse pedacinho do céu, só de estar lá, e principalmente para quem gosta de inverno, poder usar um cachecol ou um casaco a mais já vai ser muito legal.

Chocolate quente com uma vista incrível, lojinhas e caminhadas por lindas paisagens, incluindo as das mansões por lá vão ser só mais detalhe.

Dicas para aproveitar o máximo de Blue Mountains

1)      Charles Darwin Walk

Image

Esta é a minha opção preferida – fazer um caminho totalmente diferente do básico, a trilha de Charles Darwin e caminhar (muito) até o topo. No caminho cachoeiras, escadarias de pedras, e muita natureza. No final, um restaurante maravilhoso para relaxar.  Vá de tênis e preparado para andar o dia todo, mas vale a pena.

2)      Scenic Sky / Lifts – Seriam os “bondinhos” deles aqui, tem 3 e são caros, legais mas achei muito pequenos os percursos pelo preço que cobram.  Acho que vale muito mais a pena andar, andar e andar.

Image

De qualquer forma, qualquer lado e qualquer jeito, Blue Mountains é sem dúvida uma opção imperdível para quem esta por aqui. Vamos aproveitar!!!

Se quiser saber mais sobre o que fazer e onde ficar em Sydney veja nesse post aqui

***Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada reserva, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!