Roteiro Vanuatu no Pacífico Sul

Se você nunca ouviu falar nesse país chamado Vanuatu não se preocupe, antes de vir morar na Austrália eu nunca tinha ouvido nada sobre esse paraíso do Pacífico Sul também.

Na verdade fiquei conhecendo um pouco mais sobre ele pelo programa de TV Australia Survivor, uma versão do Reality show No Limite,  que per sinal é um dos meus favoritos.

Apenas a 3 horas de voo de Sydney esse oasis de águas cristalinas e mornas foi colonizados por ingleses e franceses o que faz com que seus moradores falem os dois idiomas formando um dialeto próprio.

Como chegar em Port Vila?

Voamos pra lá com a Qantas e foi bem tranquilo. Fomos com o passaporte Australiano que não precisa de visto (faz na chegada), mas pesquisei sobre o Brasileiro e sinceramente achei um pouco confuso então recomendo verificar com eles antes de embarcar certinho.

Veja mais no site da imigração http://immigration.gov.vu/

Outra opção muito comum de ir pra Vanuatu é com os cruzeiros saindo aqui de Sydney que fazem esse percurso, mas dai acredito que por não ficar na Ilha acabasse não se vendo muito.

Mercado em Vanuatu

Quase não saímos do Hotel por estar com criança, mas quando fomos pra essa feirinha no centro foi apenas alguns minutos do Hotel e pegamos um taxi que nos custou tinho $5 dolares australianos.

Essa foto é no mercado na cidade de Port Vila, como podem ver nada muito especial pois o país é muito simples, parece um pouco com Thailandia ou Bali, em contrapartida o hotel que ficamos era maravilhoso com uma estrutura ótima para criança e também super romântico para casais em lua de mel, apesar de eu ter ido grávida (Veja nossa outra babymoon aqui)  e só com o Samuel pois o papai tinha que trabalhar :/

 

 

Não achei nada muito caro em termos de comida e com muita variedade nos restaurantes do hotel e pratos bem internacionalizados (Só comemos lá dentro mesmo) devido a proximidade com a Austrália.

Holiday Inn Vanuatu

Além dos quartos normais ele tem esses Bangalos sobre as águas tipo paisagem de paraíso mesmo combinando perfeitamente com o destino Vanuatu.

Fiz um vlog da viagem e mostro os detalhes desse Hotel maravilhoso (que pode ser reservado por este link sem acréscimo para vocês)

 

 

 

 

Mostro detalhes do Hotel e também a vila principal, além de contar um pouco da cultura que teve muita influencia francesa.

Por ser um Holiday Inn “Resort” tinha muita coisa pra se fazer em termos de lazer e recreação inclusive para adultos.

Ficamos apenas 3 dias mas com certeza foi suficiente pra deixar um gostinho de quero mais 🙂

Gostou dessa viagem? Veja aqui outras opções pertinho da Austrália. 

*E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais.

Anúncios

Vlog Cairns muito além da Barreira de Corais

Pra fechar a série de Cairns e Babymoon fizemos para vocês um vlog com alguns momentos  da nossa viagem com 7 meses de gravidez pro Nordeste Australiano contanto porque esse destino é vai muito além da barreira de corais que todo mundo sempre quer visitar.

Assistam e vejam um pouco mais desse paraíso Australiano que tem tanto a oferecer.

Espero que gostem, não esqueçam de compartilhar!

Beijos da Família viajante,

Silvia, papai Chris e baby viajante Samuel

*E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais

Babymoon em Cairns na Austrália

A decisão de ir pra Cairns na nossa Babymoon foi exatamente do tipo daqueles filmes onde alguém aponta para o mapa e diz: Vamos paraaaaar… aqui!

   _DSC0722

A diferença é que no nosso caso não foi olhando para o mapa, mas sim para a previsão do tempo. Onde tivesse sol, pra la iriamos.

Para ilustrar melhor pra quem esta no Brasil o clima em que vivemos, Morar em Sydney é como se morássemos em Curitiba, mais ao sul e logo com temperaturas mais frias e pra onde formos é como em Recife, onde tem verão o ano inteiro.

Cairns é um destino basicamente para quem vem fazer a grande barreira de corais e como já tinhamos feito o passeio em janeiro saindo de Whitsundays e também pela minha condição no momento (entenda-se barriguda com ligeira dificuldade de andar rs), decidimos ir para algum lugar que pudéssemos ficar de boa relaxando e é claro, tivéssemos a certeza de que estaria mais quente do que em Sydney pois o frio aqui tem sido bem constante. 

Veja aqui nosso roteiro completo de viagens pela Austrália

_DSC0359

Por se inverno, não estava tão quente a ponto de se jogar na água, mas ja deu pra arriscar a usar o biquini e tirar as tão esperadas fotos da barriga.

Pra falar bem a verdade não fomos com a maior animação em relação pelas praias pois ja tinhamos sido avisamos que elas não eram nada bonitas e que a cidade era apenas ponto de partida para passeios, mas confesso que fiquei bem surpreendida com a estrutura e com as praias da região. Lógico que nem se comparam com as de Sydney, mas tendo em vista a temperatura, ficamos bem felizes com a nossa escolha. 

Agora só pra vocês entenderem melhor, quando digo que gostei de Cairns, não estou me referindo a cidade. É só sair uns minutinhos de carro em direção ao norte que as praias são bem legais. Ficamos hospedados lá (Fizemos nossa reserva AQUI) mas alugamos um caro e partimos para Palm Cove onde nos disseram ser a melhor praia. Concordamos!

Por isso mesmo escolhemos ficar num hotel bem simples, o Bohemia Resort (Que de Resort mesmo só tem o nome rs), já que não ficaríamos lá quase nada e queríamos economizar nesta viagem pois sabíamos que com bebê ou criança precisamos de uma estrutura melhor. Uma boa é que para reservas do Booking.com tinha café da manhã grátis, o que é muito raro por aqui.

_DSC0278

Palm cove fica a 25 minutos de Cairns de carro e definitivamente foi a praia que achamos mais bonita por lá. Cheia de Palmeiras (faz jus ao nome) e bem extensa, além de ter bons restaurantes e uma vila super charmosa.

palm cove

palm cove praia australia

Perfeito lugar para quem quer vir pra cá só pra relaxar mesmo, sem ficar na correria de passeios, tipo a gente

Fomos também para Port Douglas que fica a uma hora de Cairns mas vale cada segundo percorrido pelo caminho. A estrada tem vários pontos de paradas obrigatórios para fotos, é imperdível! Este é o local onde a maioria dos Resorts estão localizados fazendo com que a região se torne um balneário de férias perfeito para Famílias.

_DSC0445

Fomos até lá para conhecer e passar a tarde no Sheraton Mirage onde uns amigos estavam hospedados, o único problema é que não deu mais vontade de ir embora! O hotel é demais, todo rodeado com piscinas e ainda com uma praia privativa.

IMG_7081

Piscina artificial Sheraton Mirage

Apesar de não ter exatamente uma praia para banho, Port Douglas tem um centrinho que vale a pena  conhecer e um por-do-sol incrível.


Babymoon

Ir para lá no final do dia foi com certeza nossa melhor decisão da viagem!

Nordeste Australiano

A última praia que conhecemos foi a Trinity que fica a 8 minutos de Cairns. Também muito bonita e com alguns restaurantes, mas um pouco menor em estrutura e extensão que Palm Cove. Tive a impressão que essa era a praia dos cachorros pois além de terem muitos tinha várias placas como essa:

praia para cachorros Australia

Achamos também nessa praia um mirante bem legal com uma vista incrível.

IMG_7162

Pra fechar a viagem passamos o final da tarde do ultimo dia no Cairns Esplanade que é uma espécie de piscina no meio da cidade já que a praia não dá para nadar. Bem típico da Austrália essas construções, já vi em Brisbane e em Arlie Beach. O lugar é bem bonito e estava cheio de backpackers acho que pela infra-estrutura (Churrasqueira, banheiros) eles acabam fazendo de lá um super point.

IMG_7148

Ficamos muito satisfeitos com a escolha do nosso destino, agora podemos dizer com certeza que Cairns vai muito além da Grande Barreira de corais.

Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada reserva, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!

Também foi pra Cairns e gostou? Deixei seu comentário pra gente 🙂

Babymoon, mas o que é isso?

Pra quem acompanha a gente pelo Instagram e Facebook já sabe que a Família Viaje pelo Mundo esta aumentando. Estamos esperando nosso Australianinho que esta previsto para chegar até início de Outubro.

Babymoon

Estamos casados a 7 anos e apesar de ter filhos sempre ter sido parte dos nossos planos, este projeto sempre acabava sendo adiado por conta de só mais uma viagem que queríamos fazer.  Até que no ano passado chegamos a conclusão de que toda vez que realizávamos uma viagem sonho, logo vinha outra no lugar e assim por diante.

Babymoon

Já tinhamos feito grande parte do que queríamos, afinal mudamos para Austrália, fomos para Europa, Asia, EUA etc etc mas mesmo assim muitas vezes eu tinha aquele sentimento de só mais uma antes de que a bagagem aumentasse de vez. Até que em janeiro desse ano minha irmã veio nos visitar aqui com seu marido e meu sobrinho de 3 anos. Sem contar a longa viagem do Brasil pra cá fizemos várias viagens intensas aqui pela Austrália (Veja aqui) e tudo ocorreu perfeitamente. Pra falar a verdade foi muito bom ter um companheirinho para animar a viagem e sinceramente não deu trabalho nenhum.

Viajando em Família

Não deu outra, férias + empolgação de família = nosso baby foi encomendado 🙂

Dentro de todo o planejamento e as mudanças que vieram nesses últimos meses, não poderia faltar a nossa Babymoon.

Mas o que é isso?

Babymoon nada mais é do que um jeitinho chique de chamar umas curtas férias para casais grávidos, encaixadas em algum lugar entre os enjoos do inicio e antes de que você esteja grande demais pra querer ou conseguir ir pra qualquer lugar. 

Babymoon

Fizemos a nossa com 28 semanas de gestação ou 7 meses. foi bom porque pudemos tirar bastante foto com a barriga, mas foi no limite. O voo de 3 horas já foi um pouco cansativo e se fosse mais do que isso acho que não aguentaria. Se pudesse aconselharia as “moms to be” a fazerem isso lá pelas 20 semanas onde temos mais energia e a gravides já esta estabilizada.

Babymoon

No geral, acho que a idéia de Babymoon é super válida afinal é bom fazer uma última viagem como casal, com romantismo e pouca mala e se preparar para a função que vai ser viajar daqui pra frente por que parar de viajar não dá né?

Postei também no nosso canal no Youtube um video falando no nosso chá de Bebe que foi temático “Uma viagem aos anos 1920” e contando um pouquinho da história já do nosso bebe. Espero que gostem!

Pra quem quer saber mais sobre famílias viajantes indico dois blogs o Ases abordo e o Felipe o Pequeno Viajante são inspiradores.

****

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais.