Desafio de blogueiros Wanderlust

Fui convidada pela Vanessa do  Ciao Viaggio a participar do Desafio Wanderlust. Esse termo que veio do alemão muito comum no meio dos viajantes nada mais é que o desejo forte de vagar por ai, viajar sem rumo.

O desafio consiste em responder as 10 perguntas abaixo e o mais legal é que vocês podem  conhecerem um pouco melhor.

1. Quando e para onde foi o seu primeiro voo?

Lá pelo ano 2000, não lembro exatamente mas sei que foi quando comecei a trabalhar na hotelaria com 16 anos e fui para a feira de turismo da Aviesp em Águas de Lindóia. Acreditem ou não era com a Varig.

44579_1577262108551_7298027_n

Foto em Montevideo no Uruguay em 2007.

2. Para onde já foi e gostaria de voltar?

São tantos lugares…Mas acho que pro Japão e Bali seriam os que consigo pensar agora.

japao casal

3. Você está viajando amanhã e dinheiro não é problema, pra onde você vai?

Iceland. Entrou recentemente na minha lista de desejos.

4. Método preferido de viagem: avião, trem ou carro?

Gosto muito da idéia de viajar de carro, se for de motorhome então melhor ainda.

train alemanha.jpg

Esperando o Trem em Berlim 

5. Site preferido de viagens?

Para hotel booking.com e para aéreos Skyscanner.

6. Para onde você viajaria só para comer a comida local?

Vale falar para o Brasil? Morando na Austrália é o que mais sinto saudades (fora da família).

7. Você sabe seu número de passaporte de cabeça?

Sei o meu e o do marido 🙂 Sou boa em guardar números.

8. Você prefere o assento do meio, corredor ou janela?

Sempre preferi janela, consigo encostar e dormir facilmente mas agora com o #Babyviante tem que se corredor pra facilitar as idas ao banheiro e caminhadas.

9. Como você passa o tempo quando está no avião?

Adoro aproveitar o tempo no avião para colocar os filmes em dia, mas hoje em dia não dá nem pra respirar viajando com bebê!

10. Existe algum lugar para onde você nunca mais voltaria?

Existem lugares que eu fui não vejo necessidade de voltar porque já conhecí o suficiente, como Bangkok ou Coréia 

coreia.jpg

Na Coréia do Sul em 2014

E Agora vamos aos próximos desafiados a responderem essas 10 questões:

Vamos lá conferir as respostas deles? 🙂

E você, quer descobrir se é um wanderlist também? Descubra aqui

E não se esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais.

Caminho de Queenstown para Christchurch

Já postei bastante coisa sobre a Nova Zelândia mas não poderia de forma alguma deixar o registro da cidade mais encantadora desse país, ou porque não arriscar dizer uma das mais incríveis que já conheci lado a da lado com Paris ou Tóquio por exemplo.

_DSC0342

Queenstown é simples, tem ruas pequenas e se concentra toda ao redor do lago, mas tem um por-do-sol fascinante que se desfaz todos os dias refletindo nas montanhas ao redor do lago. Parece uma pintura daquelas que você não explica, tem que ver.

_DSC0277

Como se só o desenho do criador já não fosse suficiente a vibe da cidade consegue deixar tudo fenomenal. Shows aquáticos, atividades esportivas e gente descolada por todo lado.

_DSC0270

Os barzinhos e as opções culinárias também não deixam nada a desejar.

_DSC0302

Parada obrigatória no Cookie Bar que já virou marca registrada da cidade.

IMG_3395

Os hotéis ficam a maioria todos muito perto de tudo então não é muito difícil decidir em relação a localização. Tivemos que dividir nossa estada antes do motorhome em dois hotéis por conta da disponibilidade mas confesso que adoro pois assim conheço mais opções.

Tivemos que dividir nossa estada em duas pois queríamos ficar no Crowne plaza somente mas não tinha disponibilidade para todo o período então ficamos também no Rieges.

Apesar do hotel estar em reforma, achei bem legal. Essa era a vista do nosso quarto para a piscina e montanhas (que não dá pra ver muito da foto).

_DSC0254

Quanto ao roteiro, Queestown não exige muito. É uma cidade pequena pra se caminhar e fazer não muita coisa, só curtir o visual e o clima. Ficaria no mínimo 3 dias. Ficamos isso e então subimos em direção a Christchurch, caminho que se fizer direto pode demorar apenas 6 horas mas levamos 2 dias pois queríamos ir sem rumo parando onde desse vontade, ainda mais viajando com um bebe de 5 meses.

Saimos de Queestown e passamos por Wanaka, Mount Cook, Tasman Glacial e Lake Tekapo.

E foi exatamente como fizemos e faríamos novamente, não mudaria nada do roteiro!

Fizemos um vlog de grande parte da viagem, espero que gostem. Nesse video também mostramos um pouco mais da Motorhome por dentro.

Ufa, acho que deu sobre Nova Zelândia, mas se quiser saber mais confere os outros posts aqui 

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais 🙂

Mamãe de Segunda Viagem

_DSC0342.JPG

Oi Gente,

Provavelmente ao ver esse título você pensou que o segundo bebê poderia já esta a caminho, mas por enquanto essa ainda não é a novidade. Estou apenas me dando um upgrade de Mãe de primeira viagem pra na segunda, ou na verdade terceira ou quarta viagem.

Nosso bebê viajante tem apenas 7 meses e já viajamos 3 vezes com ele. A primeira viagem esta neste post e a segunda aqui.  Também fizemos recentemente uma super  viagem pela Nova Zelândia.

Já viajei muito de excursão com amigos,  a trabalho como executiva e algumas poucas vezes como mochileira, mas nunca me imaginei escrevendo sobre viagens em família ou muito menos viajando com bebês.

Viajamos muito a dois, tivemos incontáveis luas-de-mel e fizemos quase todos os destinos que queríamos antes de decidir formar uma família (ok sempre que completávamos um vinha outro então acho que seria impossível fechar essa lista um dia).

_DSC0329.JPG

Estamos casados a 8 anos e sabíamos que em algum momento das nossas vidas todas as viagens iriam mudar, mas nunca tinha parado para planejar ou mesmo pensar como seria essa realidade. Deixamos acontecer e aqui estamos.

Escolher o destino, onde ficar e a programação com certeza não é mais como antes, no entanto viajar continua sendo nossa prioridade como família pois é o que gostamos de fazer, mesmo que isso nos custe um pouco mais de esforço, planejamento e paciência.

_DSC0500.JPG

Continuem acompanhando a nossa jornada pelo mundo e em especial os próximos dias pelo Brasil onde embarcarei pela primeira vez sozinha com o Baby viajante. Vou  postar o passo-a-passo da viagem de mais de 20h que faremos – fiquem ligados!

***Para saber mais sobre como organizamos nossas viagens e como ajudar o blog a crescer use esse link do Booking.com assim ganhamos uma pequena comissão em cada reserva, sem nenhuma taxa a mais na sua reserva!

Voltando para casa…e parando na Alemanha

Olá pessoal! Tenho uma super dica para quem (como eu), precisa fazer um rápido stopover parando na Alemanha em Berlim e já conhece a cidade, e por isso gostaria de fazer algo diferente.

Postdam é uma cidadezinha a 40min de Berlim de carro, e que vale á pena ver. Além da linda arquitetura e jardins, a cidade tem um centrinho com direito a lojinhas e cafés incríveis. Todos lembrando a cultura Holandesa, com tulipas naturais sobre as mesas e muito cheesecake.

potsdam

Vejam só o capricho desse aqui. E por mais que todo mundo pense o contrário (Eu pensava), os alemães são uns queridos!!!

Potsdam

É apenas para passar o dia, então a hospedagem pode ser em Berlim mesmo. Dessa vez tive a sorte de ir no outono. A paisagem não estava tão florida, mas mesmo tudo lindo e não tão frio. Nem parece a Alemanha que conheci a 3 anos atrás no inverno. Ver neve é muito bom, mas só no inicio, mas quando a emoção passa e o frio aperta….sem dúvidas prefiro agora!

Potsdam

Perfeito! Um charme em cada detalhe…

20130417-142759.jpg

Se quiserem saber mais sobre outros stopover legais que fizemos clique aqui.

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais 🙂

O Paraíso Punta Cana

No Caribe

Um ano após a viagem que se tornou a dos meus sonhos – Sim, superou Paris ou qualquer lugar que eu já fui – Digo se tornou porque a alguns anos, confesso que nunca tinha ouvido falar neste lugar que para mim é o mais lindo que meus olhos já puderam ver, o verdadeiro paraíso. 

Não só por tudo que todo mundo que já pesquisou um pouco sobre o destino já sabe – Areia branquinha, mar azul de doer a vista, mas simplesmente pela atmosfera local.

Tivemos a grata satisfação de ficar no Club Med, e não digo isso só porque além de ter trabalhado na Rede e ser  super  fã, mas é porque realmente o Resort esta numa localização privilegiada, diga-se,  a 5 minutos do aeroporto, a praia, o serviço, os quartos, tudo esta em sintonia com o local, e desta vez, é quase que uma obrigação falar disso.

Os Dominicanos, por si só, já são animadíssimos, como G.Os Club Med então… conseguem deixar o ambiente ainda melhor. As atividades nunca param (cheguei a ver vôlei a noite, e 3 eventos sociais ao mesmo tempo).

Ou seja,  o que estou querendo dizer é o que muita gente já ouviu por aí: Punta Cana é um destino de Resort, fora a agitação dos Hotéis, não tem mais nada. E eu concordo! Mas nem por isso deixa de ser um destino, e para o mim, o MELHOR DESTINO.

O que mais fazer por lá?

Existem várias atividades e excursões que podem ser feitas e compradas direto no Hotel (Laguna, Golfinhos, ida para a Capital etc), mas o que indico mesmo é alugar um barquinho dentro do Village para você mesmo dirigir, além de divertido é uma experiência única!

É uma viagem perfeita para fazer a dois, mas também muito boa para família.  Tem muiiita coisa pra falar sobre o destino e o Village, mas desta vez vamos combinar o seguinte – vou deixar vocês perguntarem!!!

E não esqueçam: Use os links dos parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, SEM TAXAS EXTRAS PARA VOCÊS, e assim ajuda a gente a viajar mais pelo mundo, contar para vocês e nosso trabalho a crescer ainda mais